Av. Amapá 3529 - Centro | (44) 2031-0100 | Umuarama - PR

Formação e Artigos

O tempo do Advento

Atualizado em 06 de Dezembro

Advento

No último dia 27 de novembro (quatro semanas que antecedem o Natal), a Paróquia São José Operário, como toda a Igreja iniciou o novo Ano Litúrgico com a celebração do 1º Domingo do Advento. Diferentemente do ano civil, com o Tempo do Advento, a Liturgia da Igreja inicia um novo ciclo para as leituras bíblicas dominicais, do ano B, no conjunto, marcadas pelo evangelista Marcos.

Se o ano A, em certo sentido, o ano eclesiológico (pela presença da teologia materna da Igreja como verdadeiro Israel), podemos dizer que o ano B é, principalmente, cristológico, pois é caracterizado pela meditação de Marcos sobre o caráter messiânico de Jesus e do Reino que ele inaugura, ainda que de modo inesperado e não manifesto. Marcos é também chamado o evangelho querigmático, porque nele transparece claramente a estrutura do querigma ou anúncio da atuação, morte e ressurreição do Cristo, como era proclamado no início da pregação cristã.

O tempo do Advento é oportunidade para um mergulho na liturgia e na mística cristã. É tempo de esperança, preparação alegre para a vinda do Senhor, meio precioso de recordar o mistério da salvação e reavivar os valores cristãos.

Tempo de esperança na renovação de todas as coisas, na libertação das nossas misérias, na vida eterna; esperança que nos forma na paciência diante das dificuldades e tribulações da vida. É tempo propício à conversão, a "preparar o caminho do Senhor", vencendo o pecado, por meio de uma disposição maior para a Oração e mergulho na Palavra. O Advento deve ser celebrado com sobriedade e discreta alegria. Flores e instrumentos musicais sejam usados com moderação, para não antecipar a plena alegria do Natal de Jesus.


Símbolos do Advento

Entre os símbolos do Advento, está a coroa ou grinalda, usado na maioria das igrejas. Mas em nossa paróquia (Paróquia São José Operário de Umuarama) esteticamente foi readaptado por uma base de vidro e espelho com imagem de São José entre as quatro velas coloridas, representando as quatro semanas do Advento. A cada domingo uma vela é acesa; no 1° domingo uma, no segundo duas e assim por diante, até serem acesas as quatro velas no 4° domingo. •.

Na medida em que se aproxima o Natal, vamos acendendo uma a uma as quatro velas, representando assim a chegada, entre nós, do Senhor Jesus, luz do mundo, que dissipa a escuridão.

Nossa paróquia preparou as seguintes cores das velas, para ilustrar historicamente esse contexto da espera pela vinda do Filho de Deus, da seguinte forma: A vela na cor verde, que recorda os Profetas que anunciaram a chegada do Salvador; vela vermelha, expressa a fé de Abraão e demais Patriarcas; vela roxa, uma cor penitencial que lembra o perdão concedido a Adão e Eva; e a vela rosa, no terceiro domingo, é um chamado à alegria, pois o Senhor está próximo.


Que a nossa preparação para o Natal de Jesus seja alegre e cristã!




Autor: Reginaldo Rodrigues

Av. Amapá 3529 - Centro | (44) 2031-0100 | Umuarama - PR